Autenticar

Realizar Login

Username
Password *
Lembrar

PAYT - Pay As You Throw

Os sistemas “Pay-As-You-Throw” (PAYT), constituem um claro incentivo para os cidadãos, por via financeira, para promover a separação na origem e aumentar as taxas de recolha seletiva. Os munícipes irão pagar os serviços de RSU de acordo com a quantidade de resíduos que produzirem, estando portanto sobre o lema “ Quanto mais poluir, mais paga”.

Estes sistemas baseiam-se na aplicação de dois princípios de política ambiental: o princípio do poluidor pagador e o conceito de responsabilidade partilhada. Ambos os princípios, pressupõem que os cidadãos são identificados como agentes envolvidos na cadeia de atividades que levam à produção de resíduos, e que devem pagar pela parte dos custos correspondente à sua parte de responsabilidade na cadeia de consumo.

Estes sistemas baseiam-se em três etapas principais:

  • Identificação do produtor de resíduos com o fim de estabelecer uma cobrança direta;
  • Medição da quantidade de resíduos produzidos ou serviços aproveitados;
  • Aplicação de um modelo de preço unitário para cobrança individual de acordo com o serviço fornecido ou requisitado.


Desta forma, a tarifa de resíduos deixa de ser cobrada sob a forma de uma tarifa fixa e/ou associada a outros fatores e passa a ser cobrada sob a forma de uma tarifa variável, que depende da quantidade de resíduos produzidos e do serviço de recolha correspondente.

É portanto um método mais justo que promove a redução da fração indiferenciada produzida por cada cidadão e o aumento da separação dos resíduos valorizáveis. Além disso, um aspeto importante é a possibilidade de se conseguir diferenciar os cidadãos que colaboram com a redução de resíduos e aumento da deposição seletiva, dos que não colaboram, penalizando os últimos e compensando os cidadãos que se esforçam para reduzir a quantidade de resíduos que produzem.

Mais Informações

  • PAYT-Portugal
    Edifício Atlas III - Av. José Gomes Ferreira, nº 13 Miraflores 1495-139 Algés
  • Tel. (+351) 214 134 200

Newsletter

Subscreve a nossa Newsletter

Notícias em Destaque

  • Vamos pagar pelo lixo que produzimos? +

    Foi aprovado no dia 11 de Janeiro 2013 uma alteração ao pagamento de taxas de resíduos, tal como acontece em Ler mais
  • Taxar o lixo em função da produção favorece quem recicla resíduos +

    A Quercus apoia a proposta apresentada pelos partidos da maioria sugerindo ao Governo que tome medidas no sentido de que Ler mais
  • Portugueses produziram em Média menos 36Kg de Resíduos em 2012 +

    A produção total de resíduos urbanos (RU) em Portugal Continental, no ano de 2012, foi de aproximadamente 4,528 milhões de Ler mais
  • Evento O futuro dos Sistemas SMART (Save Money and Reduce Trash) +

    No dia 11 de Dezembro, decorre no Hotel Porto Palácio, Porto o evento Estratégias de Sustentabilidade no Setor dos Resíduos, Ler mais
  • Compta distinguished by the European Environment +

    Compta one of the largest national groups in the sector of Information Technology, - has been distinguished by the Eco-Innovation Observatory Ler mais
  • 1
  • 2